Sala de Imprensa

Copa América de Futebol de Rua fortalece prática do fútbol callejero; duas delegações brasileiras vão participar do torneio

A Copa será realizada entre 16 e 24 de maio com a participação de 14 países; a final será jogada em frente ao Obelisco de Buenos Aires

2014 foi um ano de muito futebol nas ruas de São Paulo. Em julho, cerca de 300 jovens de 20 países diferentes chegaram à cidade para participar do Mundial de Futebol de Rua. O torneio tocou em temas como mediação de conflitos, discriminação e exclusão social. Tudo através da metodologia do Fútbol Callejero. Foram dias em que jovens do mundo inteiro realizaram um mergulho em valores como solidariedade, cooperação e participação.

Agora a bola vai rolar na cidade de Buenos Aires, na Argentina, sede da Copa América de Fútbol Callejero, entre os dias 16 e 24 de maio. No torneio, vão jogar equipes representantes de 13 países americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, Paraguai, Peru e Uruguai. Além disso, também vai participar como convidado especial uma equipe europeia: Catalunya.

O troféu em jogo leva o nome de Nelsa Curbelo, indicada ao Prêmio Nobel da Paz (2009) e uma das líderes sociais mais importantes da América Latina, cujo trabalho com a metodologia do fútbol callejero, voltado para a educação para a paz e para a não violência, tem viajado o mundo.

Para a Copa, serão construídas duas arenas especiais: uma no Parque Chacabuco, tradicional bairro na zona sul de Buenos Aires, onde vão se realizar os jogos da primeira fase, e outra no Parque Rosedal em Palermo, no centro. Nesta última arena será jogada a final no sábado (23/05). O sorteio dos grupos será realizado na terça-feira (19/05), já com todas as delegações participantes em Buenos Aires.

O torneio volta à Argentina depois de uma década. Em 2005, realizou-se em Buenos Aires o 1º Encontro Sul Americano de Fútbol Callejero, pontapé inicial para os Mundiais de Fútbol Callejero na Alemanha, em 2006, na África do Sul, em 2010, e no Brasil, em 2014. 

Sobre o Movimiento del Fútbol Callejero

O movimento é constituído por um conjunto de organizações sociais que através da metodologia do futebol de rua compartilham a missão de construir cidadania, defender os direitos humanos, promover uma sociedade inclusive e reconhecer as diversidades culturais e étnico-raciais. Conheça: http://www.movimientodefutbolcallejero.org/.

Informações para imprensa

Assessoria de comunicação – Ação Educativa

31512333 Ramal 160